Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior


RSS do Ministério do Desenvolvimento

 

Busca Avançada

Preencha os campos abaixo para encontrar o que deseja:
 


Página Inicial » Comércio Exterior » Estatísticas de comércio exterior - DEAEX » Balança comercial brasileira: Semanal

Balança comercial brasileira: Semanal

BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA

JANEIRO 2015 – 3ª semana

  • RESULTADOS GERAIS

Na 3ª semana de janeiro, a balança comercial apresentou exportações de US$ 3,661 bilhões e importações de US$ 4,140 bilhões, resultando em déficit de US$ 479 milhões. No mês, as exportações somam US$ 7,515 bilhões, as importações, U$S 8,977 bilhões, com saldo negativo de US$ 1,462 bilhão.

  • ANÁLISE DA SEMANA

A média das exportações da 3ª semana chegou a US$ 732,2 milhões, 14,0% acima da média de US$ 642,3 milhões acumulados até a 2ª semana, em razão do aumento nas exportações de produtos manufaturados (+32,8%, de US$ 185,0 milhões para US$ 245,6 milhões, em razão do acréscimo em açúcar refinado, polímeros plásticos, etanol, máquinas para terraplanagem, autopeças, suco de laranja, motores para veículos e partes, aviões, medicamentos, motores e geradores elétricos e pneumáticos) e de básicos (+14,9%, de US$ 305,3 milhões para US$ 350,7 milhões, por conta, principalmente, de petróleo em bruto, café em grão, fumo em folhas, algodão em bruto, arroz em grãos e carne suína). Por outro lado, decresceram as vendas de produtos semimanufaturados (-7,6%, de US$ 128,4 milhões para US$ 118,6 milhões, motivado pelo declínio nas vendas de celulose, semimanufaturados de ferro/aço, ferro fundido e ouro em formas semimanufaturadas). Do lado das importações, apontou-se aumento de 2,7% sobre igual período comparativo (média da 3ª semana, US$ 828,0 milhões/média até a 2ª semana, US$ 806,2 milhões), explicada, principalmente, pelo incremento nos gastos com combustíveis e lubrificantes, equipamentos mecânicos, equipamentos elétricos e eletrônicos, veículos automóveis e partes, químicos orgânicos e inorgânicos e farmacêuticos.

  • ANÁLISE DO MÊS

        Nas exportações, comparadas as médias até a 3ª semana de janeiro/2015 (US$ 683,2 milhões) com a de janeiro/2014 (US$ 728,5 milhões), houve declínio de 6,2%, em razão do decréscimo de produtos manufaturados (-23,3%, de US$ US$ 277,1 milhões para US$ 212,6 milhões, por conta de aviões, automóveis de passageiros, laminados planos de ferro ou aço, óleos combustíveis, motores e geradores elétricos, hidrocarbonetos e derivados, papel e cartão para escrita e impressão, tubos de ferro fundido, autopeças e motores para veículos e partes). Por outro lado, aumentaram exportações de semimanufaturados (+8,5%, de US$ 114,2 milhões para US$ 124,0 milhões, pelos acréscimos de óleo de dendê em bruto, ferro fundido, borracha sintética e artificial, ferro-ligas, açúcar em bruto e madeira serrada) e de básicos (+4,0%, de US$ 313,3 milhões para US$ 326,0 milhões, por conta, principalmente, de petróleo em bruto, trigo em grãos, caulim e outras argilas, soja em grão, café em grão, algodão em bruto, fumo em folhas, arroz em grãos e pimenta em grão). Relativamente a dezembro/2014, anotou-se queda de 14,1%, em virtude do declínio nas vendas de produtos manufaturados (-32,1%, de US$ 313,1 milhões para US$ 212,6 milhões) e de básicos (-6,1%, de US$ 347,0 milhões para US$ 326,0 milhões). As vendas de semimanufaturados apontaram crescimento de 8,4%, de US$ 114,3 milhões para US$ 124,0 milhões. 

Nas importações, a média diária até a 3ª semana de janeiro/2015, de US$ 816,1 milhões, ficou 10,6% abaixo da média de janeiro/2014 (US$ 913,4 milhões) e 4,4% superior a dezembro/2014 (US$ 781,7 milhões). No comparativo com janeiro/2014, recuaram os gastos, principalmente, com combustíveis e lubrificantes (-36,5%), cereais (-30,4%), veículos automóveis e partes (-20,9%), equipamentos mecânicos (-17,8%), borracha e obras (-14,8%) e equipamentos elétricos e eletrônicos (-12,7%). Comparativamente a dezembro/2014, os maiores crescimentos foram com aeronaves e peças (+66,3%), bebidas e álcool (+61,3%), siderúrgicos (+59,1%), alumínio e suas obras (+44,1%), plásticos e obras (+29,8%), borracha e obras (+25,8%) e equipamentos elétricos e eletrônicos (+23,6%).

SECEX/DEAEX

19.01.2015

 
Balança Comercial Brasileira - Janeiro de 2015
US$ milhões FOB 
Período Dias   Úteis EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO CORR. COMÉRCIO SALDO
Valor Média Valor Média Valor Média Valor Média
p/dia útil p/dia útil p/dia útil p/dia útil
 
Janeiro (até a 2ª semana) 11 7.515 683,2 8.977 816,1 16.492 1.499,3 -1.462 -132,9
 
1a. semana (01 a 04) 1 393 393,0 515 515,0 908 908,0 -122 -122,0
2a. semana (05 a 11) 5 3.461 692,2 4.322 864,4 7.783 1.556,6 -861 -172,2
3a. semana (12 a 18) 5 3.661 732,2 4.140 828,0 7.801 1.560,2 -479 -95,8
 
Acumulado no ano 11 7.515 683,2 8.977 816,1 16.492 1.499,3 -1.462 -132,9
 
Janeiro 11 7.515 683,2 8.977 816,1 16.492 1.499,3 -1.462 -132,9
 
Janeiro/2014 22 16.026 728,5 20.094 913,4 36.120 1.641,8 -4.068 -184,9
Dezembro/2014 22 17.491 795,0 17.198 781,7 34.689 1.576,8 293 13,3
Var. % Jan-2015/Jan-2014     -6,2   -10,6   -8,7    
Var. % Jan-2015/Dez-2014     -14,1   4,4   -4,9    
 
Fonte: SECEX/MDIC
Janeiro/2015: 21 dias úteis; Janeiro/2014: 22 dias úteis; Dezembro/2014: 22 dias úteis.