RSS do Ministério do Desenvolvimento

 

Busca Avançada

Preencha os campos abaixo para encontrar o que deseja:
 


Página Inicial » Inovação » Notícias » Piloto de PPH entre Brasil e Estados Unidos começa a valer nesta segunda-feira

Piloto de PPH entre Brasil e Estados Unidos começa a valer nesta segunda-feira

11/01/2016

Brasília (11 de janeiro) - O projeto piloto do programa Patent Prosecution Highway (PPH), que prevê a cooperação entre os escritórios de patentes do Brasil e dos Estados Unidos, começou a operar nesta segunda feira. Um dos objetivos é melhorar a qualidade do exame e a eficiência do trâmite dos pedidos de patente.

O acordo que garante a execução desse projeto piloto foi assinado entre o Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) e United States Patent and Trademark Office (USPTO) durante o Diálogo Comercial Brasil – Estados Unidos (MDIC-DoC), realizado em novembro de 2015, em Brasília.

O uso estratégico do projeto piloto de PPH, combinado com outras modalidades de exame prioritário, torna possível para empresas e indústrias brasileiras terem seus pedidos de patentes de qualquer setor priorizados no INPI, órgão vinculado ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

Essa priorização permite que o exame seja feito em um prazo significativamente menor. Para isso, é necessário que o mesmo pedido seja também depositado no USPTO. Uma vez que os pedidos sejam deferidos pelo INPI, também será possível priorizar os pedidos no USPTO.

É possível ter mais informações no link http://www.inpi.gov.br/menu-servicos/patente/projeto-piloto-pph. Para esclarecimento de quaisquer dúvidas, o contato pode ser feito com a área técnica do INPI por meio do endereço eletrônico pph@inpi.gov.br.

Assessoria de Comunicação Social do MDIC
(61) 2027-7190 e 2027-7198
imprensa@mdic.gov.br
 
Redes Sociais:
www.twitter.com/MdicGov
www.facebook.com/mdic.gov
www.youtube.com/user/MdicGovBr
www.flickr.com/photos/mdicimprensa
http://pt.slideshare.net/mdicgovbr
https://soundcloud.com/mdic

 

http://www.desenvolvimento.gov.br/sitio/interna/noticia.php?area=3¬icia=14270